sábado, 11 de maio de 2013

CIDADE DE PENEDO AL














Finalmente na parte sul de Alagoas Penedo tem suas origens na fundação de um forte edifica­do na margem esquerda do rio São Francisco, ainda pelo primeiro donatário da Capitania de Pernambuco quando estava consolidando sua posse nas terras que ganhou. A data é motivo de controvérsia. Era o arraial fortificado e núcleo de defesa da parte sul do território. O açúcar foi ini­ciado, havia engenhos, mas com o tempo o gado o substituiu como principal atividade econômica, daí o São Francisco ser chamado o rio dos cur­rais. A pecuária tornou-se uma poderosa atividade econômica, abastecendo inclusive os núcleos açu­careiros de toda a capitania.   Penedo originou-se de a pequena pedra. O povoado, fundado por Marcelo Coelho Pereira, das principais cidades históricas do Brasil, foi elevado a vila de São Francisco em 1636 e em fins do século XIX passou a ser denominada Penedo do Rio São Francisco. Sua arquitetura atrai turistas de numerosas origens. A Igreja de Santa Maria dos Anjos é uma das obras primas mais visitadas.
Entretanto, os historiadores alagoanos discordam quanto a sua origem. Uns dizem que a criação do povoado está relacionada a Duarte Coelho Pereira, primeiro donatário da Capitania de Pernambuco. Os que discordam, afirmam que o responsável foi Duarte Coelho de Albuquerque, segundo donatário da Capitania, que herdou do pai. Entre os que defendem essa hipótese está Craveiro Costa, para quem a conquista de Alagoas começou em 1560. Duarte Coelho de Albuquerque organizou duas bandeiras, uma com destino ao norte de Olinda e outra para o sul. A bandeira que se dirigiu ao sul, à qual se incorporaram o próprio Duarte Coelho de Albuquerque e seu irmão, atingiu o rio São Francisco entre 1560 e 1565 e teria dado origem ao povoado .A primeira sesmaria registrada na região data de 1596; outras foram distribuídas e, a partir de 1613, na sesmaria recebida por Cristóvão da Rocha, acredita-se ter sido fundado oficialmente o povoado