Companhia de fiação e tecidos norte de Alagoas

 Quando observamos a bandeira de   Alagoas e seus símbolos, 
Os ramalhetes verdes do brasão inserido na bandeira representam outras principais fontes de riquezas do estado: as culturas do coqueiro, o algodão e cana-de-açúcar. 

Segundo Douglas Apratto

 (O livro O Ciclo do Algodão e as Vilas Operárias o ciclo do algodão) e o boom das indústrias têxteis teve tanta importância quanto a cultura açucareira aqui em Alagoas Qual o impacto e a importância da cultura do algodão na história econômica do
 Estado





Segundo os dados do Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE), nas doze fábricas alagoanas existiam 10.514 operários têxteis em 1950. Essa quantidade manteve-se estável até o início dos anos 1960.
Fotos Prof Cabral

A fábrica companhia de fiação e tecidos norte de Alagoas, fundada 1906, que hoje não funciona mais fica às margens do rio Saúde no Barrio de Ipioca funcionando até 1983, tinha aproximadamente 700 operários


A fabrica era da família Nogueira , o proprietariado era Aluísio Nogueira, segundo os sr, Amauri Leite que era técnico de preparação do algodão da fabrica.


Amauri Leite que era gerente de fiação da fabrica.

Meiadeira -equipamento que mede a resistência do fio do tecido

bomba da gasolina da fabrica.

Maquina 


FOTOS: PROF CABRAL.

Comentários